Texto por Colaborador: Redação 24/05/2022 - 03:16

O fraco desempenho colorado na Série A segue refletindo no baixo número de destaque individual vermelho no renomado prêmio Bola de Prata, da ESPN.

Como tem sido frequente, o Colorado passou mais uma radada em branco, após o fraco desempenho e empate diante do Cuiabá, na Arena Pantanal.

A nível de rodada, o destaque ficou pela excelente atuação do goleiro Cássio. Com seis grandes defesas, duas delas consideradas difíceis, o ídolo corintiano foi o melhor jogador da 7ª rodada, com 6,85 pontos, e segue como o Bola de Ouro no Prêmio. Mas o time que dominou a seleção da 7ª rodada foi o Palmeiras, que pulou da 9ª para a 3ª posição do Brasileirão após a boa vitória sobre o Juventude por 3 a 0, no sábado (21), em Caxias do Sul.

A seleção da 7ª rodada ficou assim: Cássio (Corinthians), Matheuzinho (Flamengo), Kuscevic (Palmeiras), Murilo (Palmeiras) e Lucas Piton (Corinthians); Danilo (Palmeiras), Zé Rafael (Palmeiras), Gustavo Scarpa (Palmeiras) e Terans (Athletico-PR); Luiz Henrique (Fluminense) e Calleri (São Paulo). Técnico: Abel Ferreira (Palmeiras).

Já na seleção geral do Bola de Prata, tivemos quatro novidades em relação ao time ideal da 6ª rodada. Na lateral direita, Marcos Rocha, do Palmeiras, vencedor do prêmio em 2012 e 2014, aparece entre os melhores do campeonato pela primeira vez esta temporada.

Na lateral esquerda, Piton volta à seleção. Entre os volantes, Willian Arão, do Flamengo, Bola de Prata em 2016, pegou o lugar de Wellington, do Fluminense. Na meia, Raphael Veiga volta à seleção, superando Elvis, do Goiás. Já no ataque, Erison, do Botafogo, deixou Igor Paixão, do Coritiba, para trás.

Erison, aliás, é o primeiro jogador do Botafogo a aparecer na seleção do campeonato desde Gatito Fernández, na 16ª rodada de 2020.

A seleção do Prêmio ESPN Bola de Prata após a 7ª rodada ficou assim: Cássio (Corinthians), Marcos Rocha (Palmeiras), Gustavo Gómez (Palmeiras), Maicon (Santos) e Lucas Piton (Corinthians); Willian Arão (Flamengo), Andrey (Coritiba), Nacho Fernández (Atlético-MG) e Raphael Veiga (Palmeiras); Calleri (São Paulo) e Erison (Botafogo). Técnico: Vítor Pereira (Corinthians).

Categorias

Ver todas categorias

Mano deve permanecer em 2023?

Sim

Votar

Não

Votar

172 pessoas já votaram