Texto por Colaborador: Redação 01/03/2024 - 17:50

A possível venda de Léo Ortiz do Bragantino para o Flamengo pode render uma quantia extra aos cofres Colorados. Como clube formador do zagueiro, o Inter tem direito a 3% do valor da negociação, podendo chegar a cerca de R$ 1,3 milhão.

Apesar de a Fifa só exigir o mecanismo de solidariedade em transferências internacionais, a Lei Geral do Esporte estipula que até 6% do valor pago pela nova organização esportiva devem ser distribuídos entre os que contribuíram para a formação do atleta, dos 12 aos 19 anos.

Ortiz chegou ao Inter aos 16 anos, o que garante ao clube 3% do valor total. A transferência ocorre quando cada parcela é depositada pelo Flamengo ao Red Bull Bragantino, conforme acordado entre os clubes. O Flamengo pagará duas vezes 3,5 milhões de euros, com mais 1,5 milhão de euros sujeitos a metas estabelecidas. O Inter irá receber sua parcela a cada depósito.

Em 2019, o Inter negociou a transferência do defensor para o Bragantino sem custos. Devido ao término do contrato e à decisão de não renovar com o jogador no Gigante da Beira-Rio, foi estabelecido um acordo que permitiu ao clube do Povo manter 40% dos direitos econômicos do zagueiro.

No ano subsequente, em 2020, em busca de recursos financeiros, o Inter optou por vender essa parcela remanescente dos direitos econômicos, obtendo um montante de R$ 1,8 milhão.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2024?

Sim

Votar

Não

Votar

130 pessoas já votaram