Texto por Colaborador: Redação 16/06/2024 - 00:00

O GE.com apresentou o potencial que cada time para a rodada #9 do Brasileirão comparando o desempenho nos últimos 60 dias como mandante ou visitante em todas as competições e também nos últimos seis jogos independentemente do mando. Também são consideradas as performances defensiva e ofensiva das equipes no jogo aéreo e no rasteiro. Em parceria com o economista Bruno Imaizumi, são analisados 76.386 finalizações cadastradas pelo Espião Estatístico em 3.135 jogos de Brasileirões desde 2013 que servem de parâmetro para a produtividade atual de cada equipe.

Favorito >> Internacional

  • As equipes não se enfrentam pela Série A desde 2018, quando o Internacional venceu pela única vez o Vitória em Salvador pelos pontos corridos. Antes disso, com este mando, eram quatro triunfos do Vitória e dois empates. Agora, o Vitória tem problemas no ataque e na defesa: tem a sexta pior eficiência ofensiva mandante, um gol a cada 14,3 tentativas, e a terceira menor média mandante de finalizações (10,8). Defensivamente, está com a quinta menor resistência defensiva caseira, um gol sofrido a cada 7,8 conclusões contrárias, e a quinta pior média de finalizações sofridas por jogo (15,5).
  • O Internacional está com a segunda maior resistência defensiva forasteira da competição, um gol sofrido em 37 conclusões contrárias em três jogos fora de casa. Ofensivamente, no entanto, a equipe tem mais dificuldades, com médias de 11,0 finalizações por partida e um gol marcado a cada 16,5 tentativas fora de casa.
  • O jogo tem fortíssimo potencial para gol a partir de jogada aérea, já que as duas equipes marcaram dessa forma sete dos últimos dez gols, o Vitória sofreu assim sete dos últimos dez gols, e o Internacional, seis.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2024?

Sim

Votar

Não

Votar

284 pessoas já votaram