Texto por Colaborador: Redação 01/02/2023 - 00:00

No dia 29/7/2022, o Inter anunciava - em uma manhã movimentada no Beira-Rio - dois reforços para o setor de ataque de Mano Menezes. Após ter sua contratação oficializada na noite passada, o centroavante Mikael concedia a primeira entrevista coletiva como atleta colorado. Na Sala de Imprensa do Gigante, o jovem de 23 anos definiu a oportunidade de defender o Clube do Povo como a ‘realização de um sonho’ que nutria desde os primeiros anos de vida.

Assim como Braian Romero, meses se passaram e ambos já se despediram da capital gaúcha, em um ano que o SCI teve dificuldades na hora de trazer um camisa 9. Com exceção de Alemão, a direção bancou o também caríssimo Wesley Moraes, em três negócios que certamente impactaram nos fracassos de 2022.

Todavia, quando se trata de Mikael, dificilmente a gestão de Alessandro Barcellos conseguirá repetir um negócio tão ruim. Conforme números do jornalista Alexandre Ernst, por seis meses ganhando R$ 400 mil mensais, Mikael recebeu R$ 2,4 milhões. Tudo para, pasmem, atuar por 12 minutos com a camisa do Inter, justo na eliminação para o Melgar, dando 5 toques na bola. Logo, cada volta de 60 segundos no ponteiro custou R$ 200 mil ao clube.

Para quem ainda quiser ver o copo "meio-cheio", sua rescisão não teria custado nada os cofres alvirrubros, fazendo com que o Inter não perca mais 2 milhões de reais. Seu contrato era válido até Junho.

Categorias

Ver todas categorias

Você está otimista para a temporada 2024 do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

260 pessoas já votaram