Texto por Colaborador: Redação 18/01/2022 - 00:00

Allan Rodrigues de Souza era um jovem altamente cotado quando o Liverpool o contratou no verão de 2015, após anos no Celeiro de Ases.

Vendido pelo presidente Vitório Píffero no meio de 2015 por um acordo de £ 500.000 - depois de impressionar os ingleses na Frenz International Cup -, com apenas 18 anos, Allan foi instantaneamente emprestado ao time finlandês Seinäjoen Jalkapalokerho.

Após seu retorno à Ilha da Rainha, suas performances nos treinamentos impressionaram o novo então recém técnico do Liverpool, Jürgen Klopp.

“Quando cheguei aqui, um ou dois meses depois, Allan estava aqui e eu disse: ‘quem é esse?

No entanto, Klopp foi informado de que, devido a problemas de permissão de trabalho, o ex-colorado não poderia jogar pelo clube. Uma série de transferências de empréstimos começaram a partir de 2016 até o final de 2019, com o meio-campista entrando em clubes da Alemanha, Chipre e Brasil antes que o fim chegasse na janela de 2020. Naquela época, o Liverpool o vendeu de volta ao Brasil em caráter permanente, já que foi comprado pelo Atlético Mineiro.

Apesar do fato de ele nunca ter chutado uma bola pelos profissionais do Beira-Rio, o atleta agora com 24 anos poderá passar por uma segunda transferência de volta para a Europa, e o Inter pode se beneficiar.

Dada a sua boa forma nos últimos dois anos, é lógico que, se um time europeu o quiser, o SCI poderá ver alguns milhões chegando, graças ao mecanismo de solidariedade da Fifa, que a cada transferência internacional concede ao clube formador do atleta 5% dos valores envolvidos (em uma escala de 0,25% a 0,5% entre os 12 e 23 anos). De 2009 à 2014 no Celeiro de Ases, o Colorado teria assim um bom recurso extra inesperado no caixa.

No fim de 2021, o Galo chegou a receber uma proposta do exterior pelo volante, mas recusou. Ainda assim, equipes como o Shakhtar Donetsk sempre forneceram uma porta de entrada para a Europa para muitos brasileiros, com o clube tendo mais brasileiros em seu onze inicial do que ucranianos em um estágio há vários anos.

E quando o fizer, o Colorado certamente se beneficiará.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2022?

Sim

Votar

Não

Votar

540 pessoas já votaram