Texto por Colaborador: Redação 11/01/2022 - 18:00

O jornalista Filipe Duarte, de GZH, publicou nesta terça-feira informações sobre o status da folha de pagamento colorada. 

De acordo com o repórter, o SCI abre a nova temporada com uma folha salarial bastante inferior à que encerrou 2021, sobretudo devido as saídas de seis atletas - Marcelo Lomba, Lucas Ribeiro, Saravia, Patrick e Vinícius Mello e Paolo Guerrero - estimando uma redução de quase R$ 2 milhões com os custos do futebol em janeiro de 2022. A título de exemplo, nos primeiros seis meses de 2020, a folha batia na casa dos R$ 15,1 milhões, enquanto o de 2021 chegou a R$ 15,5 milhões, conforme publicado no portal da transparência do clube.

Todavia, a situação é somente conjectural, já que a direção vermelha procura novos nomes para encorpar o elenco, o que acarretará em novo aumento. Segundo a matéria, o Colorado terminou o último ano com um gasto mensal de aproximadamente R$ 8 milhões e a tendência é de que este valor seja mantida com os novos contratados para o elenco de Alexander Medina. 

O departamento de futebol almeja ainda contratar um lateral-direito, um volante e 2 atacantes de lado de campo para fechar o grupo.

Ainda para 2022, a gestão de Alessandro Barcellos mira minimizar os gastos no principal setor do clube. As despesas no futebol, que alcançaram R$ 263.940.982 em 2021, ficarão em R$ 237.747.612

Gastos com futebol

Pessoal e benefícios: R$ 127.394.673
Direito de imagem: R$ 26.346.449
Empréstimo de atletas: R$ 2.400.000
Despesas com intermediários: R$ 1.871.503
Gratificações de atletas: R$ 6.000.000
Futebol feminino: R$ 5.500.000