Texto por Colaborador: Redação 17/09/2022 - 18:27

Tudo igual no primeiro jogo da final do Gauchão Sub-15. Juventude e Internacional empataram em 1 a 1 em duelo disputado neste sábado (17), no Campo da Rondon, em Caxias do Sul.

Jogando como mandante, o Jaconero saiu à frente do placar em pênalti convertido por Schaffer, ainda no primeiro tempo. O Colorado igualou na etapa final, quando o rival já estava com dois atletas a menos devido a expulsões. Matheus marcou o gol dos visitantes, aos 31 minutos.

A partida decisiva ocorre no próximo sábado (24), às 15h, na Morada dos Quero-Queros, em Alvorada. Quem vencer levanta a taça. Novo empate leva a disputa para as penalidades.

O jogo

O Juventude iniciou melhor e com qualidade conseguiu dominar o adversário nos minutos iniciais. A primeira chegada foi aos 12. Muniz arrastou a marcação pela direita, levou na linha de fundo e fez o cruzamento. Jonathan Kroth finalizou de cabeça, entre a marcação, mas acabou mandando pela linha de fundo. Aos 23, Kroth, sem a bola, foi derrubado na área. Atento, o assistente avisou o árbitro, que assinalou pênalti. Schaffer, com categoria, acertou o cantinho. 1x0.

Melhor no jogo e com a vantagem, o Alviverde seguiu controlando as ações e jogando com inteligência para anular o adversário. No entanto, em uma escapada rápida pela direita, o goleiro Dida fez falta no atacante colorado e acabou recebendo cartão vermelho direto. O Verdão foi para o intervalo com dez jogadores em campo.

Na etapa complementar, mesmo com a inferioridade numérica, a primeira oportunidade foi do Juventude. Aos quatro minutos, Zanetti partiu em velocidade do meio campo, fez fila e invadiu a área. Na hora da finalização, a zaga apareceu bem para cortar. Aos 18, o volante Lucas Censi dividiu com o marcador e recebeu o segundo cartão amarelo. Ju com dois a menos.

Na sequência do lance, o Verdão teve a bola para matar a partida. Cauã da Rocha cobrou falta da intermediária, a zaga do Inter afastou mal e Zanetti, na área, acabou mandando por cima da meta. Os visitantes responderam aos 27. Matheus finalizou de cabeça e Matheus Schaffer tirou de cima da linha. Um milagre. Aos 31, porém, o Inter igualou o marcador, com Matheus. Com nove em campo, o Ju se segurou até o apito final.