Texto por Colaborador: Redação 22/01/2023 - 15:13

O Colorado abriu a temporada de 2023 com empate. No Beira-Rio, Carlos de Pena e Pedro Henrique, ambos com golaços, marcaram os gols da igualdade de 2 a 2 com o Juventude. A partida de sábado (21/01) integrou a primeira rodada do Gauchão. O placar, frustrou o mais de 23 mil torcedores qu estiveram presentes. Após o jogo, confira o que foi dito por alguns dos principais cronistas:

Baldasso (Youtube)

"Começo da temporada não explica tudo. Alguém colocou que é normal no começo de ano, não temos que nos apavorar, isso é verdade, sobre se apavorar. Agora normal não é. E já dá para ligar umas luzinhas de alerta: nosso rival se remontando com um monte de jogadores ganhou hoje fora de casa. E nós empatamos e já largamos atrás. 

Nando Gross (Youtube)

"O Inter teve problema defensivos começando por seu goleiro, em uma falha do Keiller. O segundo gol veio num momento que o Inter estava melhor no jogo, e não foi falha do Keiller, mas é aquela coisa: tem 4 ou 5 jogadores cercando e a bola desvia, tirando o goleiro do Inter. Não era a noite do Keiller, deu tudo errado. O Inter conseguiu empatar no golado do De Pena, e buscou depois com o PH no lugar do Wanderson. E o Pedro Henrique se mostra mais objetivo, talvez finalize melhor. Dá para pensar ter um de cada lado, ou o PH tem que disputar. Hoje ele foi responsável pelo empate do Inter. O Inter estava controlando o jogo quando toma o segundo gol, e ai o Internacional tinha que mudar o jogo e a gente viu que faltou criação. Alemão não foi bem, ele está com muita pressão com a chegada do Suarez. Não tem como, e no jogo ele não foi bem. O Inter teve problemas defensivos e o Alemão não foi bem. Johnny também. O Inter precisa de um jogador que se emponha mais. Ele ficou abaixo. A boa notícia - entre outras - foi o PH, os jogadores da base que o Mano colocou em campo. O Estevão, eu gosto muito dele, o Lucas Ramos, Matheus Dias, entrou meio inseguro e é um cara para ser observado. Mas nesse setor o Johnny tem que afirmar mais. O Inter está confirmando o Baralhas e esse é um setor fundamental pro time, acho bom nome. Claro que fica a frustração porque o Inter é o vice-campeão brasileiro e tu olha no lado o Grêmio venceu de novo com gols do Suarez, então tudo pesa, mas tem muito campeonato pela frente e muito para evoluir.

Fábio Giacomelli

"Acabou o 1º jogo do Inter na temporada. Empate. Muita falha por falta de tempo de jogo. Ficou claro que precisamos de reforços pontuais e que a base vai ter oportunidades. Pra mim, sem terra arrasada. 90 primeiros minutos não dizem absolutamente nada. Nem pra bem, nem pra mal".

Maurício Saraiva (GE)

"O Inter que abriu 2023 foi, ao mesmo tempo, médico e monstro. Do meio para frente, uma abundante produção ofensiva que transformou Pegorari em melhor do jogo. O goleiro do Juventude foi destaque por esta razão e por uma pueril e amadora tentativa de ganhar tempo que Leandro Vuaden abortou de saída.

Do meio para trás, porém, apareceu um time desarrumadíssimo. Uma equipe equilibrada estabelece conexão entre os setores. Não pode haver metade dando certo e metade dando errado. Além disso, dar certo até a página três; a imperícia provoca desperdício, o que turbina o adversário.

O Juventude de Celso Roth foi organizado e sinalizou uma promissora temporada. Esteve duas vezes à frente, cedeu o empate, mas a contingência tem mais a ver com acqualidade superior do anfitrião.

O empate/vitória do visitante frustrou a torcida colorada, que já foi para o jogo impactada por mais uma participação fundamental de Suárez numa vitória do Grêmio. Sob este efeito, teve até quem vaiasse o Inter ao final do 2x2."

Hiltor Mombach (CP)

O Inter é o mesmo de 2022. No Juventude, os jogadores ainda estão sendo apresentados.

O Inter era favorito para estrear com vitória no regional. Mas empatou em 2 a 2 no Beira-Rio. Esteve atrás do placar duas vezes.

O Juventude leva um ponto. O Inter perde dois.

O resultado não deixa de ser decepcionante para os colorados. Ainda mais que o Grêmio estreou fora, fazendo 2 a 1 no Caxias de virada".

Wagner Jung (Inferno é Meu Destino)

"Não tô preocupado, acho que a partida de hoje mostrou que algumas peças tem que mudar. Uma delas é o PH e o Matheus Dias, que devem ser titulares."

Cristiano Munari (RBS)

Esse era um jogo para o Pedro Henrique entrar sem a saída do Wanderson. Mano vai por mudanças sem mexer na estrutura do time. Matheus Dias por Johnny e PH por Wanderson.

Primeiro tempo do Inter foi melhor que o segundo mesmo que tenha marcado os dois gols depois do intervalo.

A torcida que pede garotos agora quer reforços porque entraram quatro garotos no segundo tempo hoje...

A diferença nas estreias da Dupla Gre-Nal foi feita por Luis Suárez. Sem ele, o Grêmio não teria vencido o Caxias. Com ele no lugar do Alemão, Inter teria vencido o Juventude. O Inter não vai contratar um 9 do nível do Suárez, mas precisa de um melhor que o Alemão."

Alan Rother (Somos Colorados)

"O resultado sem dúvida desagradou, mas vi uma atuação de acordo com o início de temporada, com muitas peças ainda abaixo tecnicamente e coletivamente a equipe precisando de tempo para chegar ao melhor momento. O setor direito praticamente inexistiu nos 90 minutos, com a defesa falhando além da conta em todos os aspectos, enquanto Keiller - que foi impecável no fim de 2022 - esteve bem abaixo do padrão apresentado. O que mais me preocupa não foi o jogo em si, mas questões mais amplas: Johnny raramente me convence ou impressiona como n° 5, dando amostras de pouco potencial para suprir a pegada necessária no setor. Do resto, a equipe teve pouca aplicação defensiva como um todo, fruto do início de temporada e de um jogo ainda de menor importância.

Do resto, o SCI teve dificuldades de infiltrar e criar boas oportunidades para Alemão, fato recorrente em muitos jogos do ano passado: em duelos contra equipes retrancadas, ou o time encontra soluções individuais pelas alas, ou costumamos ter problemas ofensivos. Ainda assim, somamos mais de 24 finalizações, com 2 gols praticamente dados de graça, significando pouco para o restante do ano. Todavia, parece claro para todos que a direção precisa aumentar o calibre do elenco para 2023 com reforços pontuais. Baralhas é um bom começo".

Categorias

Ver todas categorias

Alemão demonstrou capacidade suficiente para ser o n°9 titular em 2023?

Sim

Votar

Não

Votar

734 pessoas já votaram