Texto por Colaborador: Redação 20/11/2022 - 00:50

Após narrar em 2017 um gol do Corinthians contra o Inter dizendo “põe no DVD”, o narrador Gustavo Villani, atualmente da Globo, sentiu a ira dos torcedores colorados, que jamais o perdoaram. Em declarações ao jornalista Duda Garbi, o comunicador admitiu o erro e tentou justificá-lo:

“Foi uma c…, cara. Estou no hotel vendo o Globo Esporte, da RBS TV. Pessoal colocou um sofá vermelho em uma praça. Teve o histórico de 2005 da rivalidade de Inter e Corinthians. Depois, 2009, final da Copa do Brasil. E o Corinthians botava “põe no DVD” a cada vitória. E, neste dia do jogo, que era de ida da Copa do Brasil em 2017, eu estava vendo o pessoal no sofá e o Globo Esporte brincava: ‘O que você botaria no DVD do Inter?’. Aí cada um citava Fernandão, Iarley e outros ídolos. Aí pensei que tinha virado piada para o lado colorado. E pensei que poderia usar em caso de gol do Corinthians (...) Acabou o jogo, eu estava fazendo o Central Fox, do Fox. Recebi uma mensagem do assessor de imprensa do Inter. ‘Irmão, que você fez? O nosso presidente tá furioso contigo’. Porque o presidente estava recebendo mensagem de todo mundo sendo cobrado. Eu c…, eu errei. E, na mesma época, o Inter sem títulos e eu no Fox narrando os títulos do Grêmio”.

“Essa coisa do DVD não vai acabar pra mim enquanto o Inter não conseguir um grande feito e eu estiver envolvido. Eu achei que era agora em 2020, com o gol do Edenilson contra o Corinthians. Era um jogo exclusivo do Premiere, porque o Flamengo jogava com o São Paulo e estava dando no SporTV. Na hora eu até falo: ‘Edenilsoooon, 41 anos, é do Inter, c…’. Mas o câmera foca no bandeira e aí eu penso: ‘Não acredito’. Por isso, virou meme. E era Inter x Corinthians, o melhor jeito de eu me consagrar”, avaliou Villani.

 

Categorias

Ver todas categorias

Alemão demonstrou capacidade suficiente para ser o n°9 titular em 2023?

Sim

Votar

Não

Votar

203 pessoas já votaram