Texto por Colaborador: Redação 11/09/2022 - 01:49

Com mais um gol do centroavante artilheiro, o Inter bateu o Cuiabá, nesta tarde de sábado (10/09), pelo placar de 1 a 0. Apoiado por mais de 30 mil pessoas, o Clube do Povo chega, com a vitória do Beira-Rio, aos 46 pontos na tabela, e assume a momentânea vice-liderança do Brasileirão. Após o jogo, o novo xodó da torcida, Alemão, falou sobre seu momento e a partida aos microfones do PFC e Rádios Guaíba e Band, confira os principais trechos:

"Grande noite, o Inter tá na vice-liderança. O Mano falou no intervalo que era só questão de detalhe para a bola entrar e foi isso que aconteceu. Estávamos bem na partida. Agora é seguir firme, continuar trabalhando e focar na próxima partida (...) Estou iluminado, mas tudo se deu ao meu trabalho, foram cinco anos até chegar numa equipe como essa, ainda meu time do coração. Então a alegria é imensa, continuar trabalhando para continuar colhendo os frutos".

“Pé no chão. Continuar trabalhando, uma vitória importante dentro de casa, que valoriza o ponto conquistado contra o Corinthians fora de casa. É continuar trabalhando.”

Carinho da torcida: "É uma honra ter o nome gritado pela torcida. Sou muito agradecido pela fase, mas preciso seguir trabalhando para aumentar o nível cada vez mais (...) Sempre é uma honra fazer gol na frente da nossa torcida, poder ajudar o Inter. Agradeço o carinho de todo mundo, é fruto de um trabalho.”

A fase: “Nada é só por mim, agradecer a minha equipe. Hoje teve assistência ali do Pedro Henrique, criamos bastante hoje. A bola demorou para entrar, mas estávamos todos concentrados para quando surgisse a oportunidade de marcar.”

Restante da temporada e chance de título: "Estamos brigando jogo a jogo, a Libertadores é o primeiro objetivo. Não descartamos o título, mas não adianta pensar lá na frente se não fizermos o trabalho a cada jogo (...) A gente tá brigando jogo a jogo. Libertadores era o primeiro objetivo e estamos brigando por isso. Vamos jogo a jogo, buscar os três pontos no próximo jogo e conforme a tabela, com certeza, não descartamos o título.”

Parceria com Pedro Henrique: “Dei assistência para ele contra o São Paulo, hoje ele me devolveu. E que continue assim, ele me dando assistência, eu dando assistência para ele e o importante é que o Inter ganhe.”

Mano: “A gente vê pelo contrato renovado dele. Desde a chegada dele junto com a comissão, nosso time teve uma crescente muito nítida. O trabalho foi amadurecendo."

Sobre ter dado a camisa ao torcedor de 14 anos: “Vi que era aniversário dele e resolvi dar a camisa para ele. Dei parabéns para ele e espero que ele tenha ficado feliz. Temos que elevar esse elo, a torcida nos ajuda muito nos jogos.”

Jogar contra times fechados: “O Mano tem trabalhado bastante isso, para furar e ter mais opções para fazer gols em equipes com linhas mais baixas. Nossa equipe vem amadurecendo com o trabalho dele.”

Sobre ser decisivo:  “Fazer gols é sempre importante. Falamos no começo do jogo, que nesses momentos, temos que mostrar que almejávamos algo a mais. Respeitamos o Cuiabá e fomos atrás dos 3 pontos.”