Texto por Colaborador: Redação 27/03/2024 - 01:21

A controvérsia que marcou esta terça-feira (26) no cenário futebolístico brasileiro gira em torno do pênalti desperdiçado por Robert Renan. O zagueiro colorado falhou ao tentar uma cobrança em cavadinha durante a disputa contra o Juventude, resultando na eliminação do Colorado do Campeonato Gaúcho. O lance deixou irado os colorados, mas não surpreendeu aqueles familiarizados com o estilo do defensor. Para piorar, todo mundo sabia de seu estilo de cobrança, menos o SCI e Eduardo Coudet, que teoricamente havia avaliado o jogador antes de sua contratação...

Em uma entrevista exclusiva à ESPN, o zagueiro Rodrigão, que compartilhou o campo com Robert Renan no Zenit, revelou que o ex-colega sempre praticou e executou cobranças de pênalti dessa forma.

"Infelizmente isso acontece na carreira do atleta. Conosco aqui, ele treinava bastante assim (...) Ele fez o gol de campeão nosso. É uma característica que ele tem, de bater dessa maneira. É a maneira que ele treina, que se sente confiante de bater. Mas, infelizmente, as coisas nem sempre acontecem da forma que gostaríamos. Não aconteceu para ele, estava torcendo muito", lamentou Rodrigão.

Para piorar a situação, o jornalista Andre Hernan revelou que "Um atleta do Juventude que conhece o Robert Renan desde a base, alertou o goleiro: 'irmão, ele cava todas'. Então, segundo esse relato de uma pessoa do Juventude, o Gabriel já sabia que ele ia cavar. Você vê que o movimento dele é de esperar, ficar no meio, voltar e pegar. Então, o Gabriel já sabia", escreveu.

Robert Renan continua vinculado ao Zenit. Revelado pelo Corinthians, o zagueiro foi adquirido pelo Internacional por meio de empréstimo, mantendo vínculo contratual com o clube russo. Questionado sobre a passagem breve de Renan pelo Zenit, Rodrigão mencionou as dificuldades que o brasileiro enfrentou para se adaptar ao clima frio do país.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2024?

Sim

Votar

Não

Votar

130 pessoas já votaram