Texto por Colaborador: Redação 31/05/2024 - 02:07

O Internacional atualizou a situação do Centro de Treinamentos Parque Gigante e do Beira-Rio, um mês após as enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul. O clube iniciou o replantio do gramado do estádio e espera que o complexo esteja totalmente recuperado até agosto. No entanto, o gramado do CT continua submerso pelo Guaíba.

A grama de inverno do Beira-Rio teve que ser replantada após ser destruída pela enchente, que inundou o estádio até a primeira fileira de cadeiras. O tempo necessário para a recuperação do gramado depende das condições climáticas, mas o vice-presidente Victor Grunberg estima um prazo de 45 a 60 dias para que esteja apto para uso.

O estádio também está passando por um processo intensivo de limpeza, com diversos setores ainda cobertos de água e barro. A previsão é que essa etapa seja concluída até o fim de junho. Funcionários estão trabalhando para restabelecer o fornecimento de água e energia na próxima semana.

A situação no CT Parque Gigante é ainda mais grave. Os campos continuam submersos, mas o clube começou a limpeza dos prédios na quinta-feira. O Inter está avaliando os danos nas estruturas e prevê que serão necessários cerca de 120 dias para a recuperação completa.

As reformas necessárias nos dois locais, juntamente com questões logísticas e de hospedagem, estão gerando um prejuízo estimado em R$ 35 milhões. 

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2024?

Sim

Votar

Não

Votar

218 pessoas já votaram