Texto por Colaborador: Redação 21/01/2023 - 04:01

A maior competição do Rio Grande do Sul está prestes a começar. Neste sábado (21), a bola volta a rolar nos gramados do nosso Estado. O regulamento do Gauchão 2023 segue o mesmo da edição passada. São 12 equipes que jogarão entre si em turno único. Os quatro primeiros colocados avançam para as semifinais, que serão disputadas em jogos de ida e volta para definir os finalistas. As finais também acontecem em duas partidas.

Sem vencer o certame desde 2016, o SCI, mesmo assim, segundo o colunista de GZH, VINI MOURA, é tido como o favorito a vencer o Gauchão 2023, o motivo? Por tudo que foi construído no último ano, a equipe colorada tem vantagem sobre os adversários. Seria esta opinião compartilhada por nossa equipe? Tentamos debater isso. Confira alguns dos pontos de vista:c

ISRAEL:

"Pela campanha do ano passado e tendo uma boa base de jogadores e um futebol coletivo em desenvolvimento, vejo o Inter como favorito neste gauchão. Além disto precisamos muito deste título, para quebrar a sequência negativa de tantos anos sem conquistas. Quanto a espera por contratações, precisamos de poucos jogadores mas que sejam de qualidade extrema para subir o nível."

ARIEL

"Vejo o Inter sim como favorito no Gauchão. Mesmo com as contratações "estrelares" do rival, o time Colorado tem na manutenção da estrutura da base, o seu pilar para acabar com a seca de títulos. Entramos na temporada de 2023 com uma base de time e elenco que foi se fortalecendo durante 2022, algo que pouco tivemos nos anos anteriores. 

O Inter mostrou no final de 2022 uma solidez interessante, e peças individuais foram brilhando, dando ao time uma cara interessante. Nomes como Keiller, Bustos, Vitão, Renê, Jhonny, Alan Patrick, PH, Wanderson, Alemão e outros, não recebem salários exorbitantes, mas são jogadores de qualidade e que tiveram rendimentos sólidos, fazendo do coletivo o nosso ponto forte.

Apesar disso, nessitamos de reforços que venham para ser titulares, principalmente no meio de campo e ataque. Sendo assim, acredito que a diretoria irá durante a competição, trazer estes jogadores que possam dar o acabamento ao elenco de Mano.

No entanto, vejo uma certa apatia e desconexão da torcida com o clube desde a temporada passada. Como o ex-presidente Fernando Carvalho fez num momento parecido quando assumiu o clube (fazendo campanhas nas mídias, vitalizando o estádio, trazendo a torcida para dentro do clube) vejo que o Inter precisa novamente de uma "conexão", de um retorno da confiança do time, diretoria com a torcida. Algo que poderia facilitar a confiança e a moral da equipe em 2023."

ALAN: 

"Assim como meus colegas, vejo um leve (mas bem pequeno mesmo) favoritismo para o Inter pelos mesmos motivos citados acima: a manutenção da base considerada titular e um bom legado coletivo iniciado por Mano em 2022. Ainda assim, o considero quase irrelevante e apenas teórico, tendo em vista que - sobretudo em clássicos - as coisas tendem a funcionar de maneira mais acirrada e o momento em que as equipes chegam (nas semanas decisivas) alteram mais os panoramas do que o histórico neste início de ano da dupla GreNal.

Ademais, considero o ponto levantado (da torcida), um processo que precisa ser melhor trabalhado no Beira-Rio. O rival, com a vinda do Suarez, trouxe um apelo extra de ânimo junto ao torcedor. No lado vermelho, o fator anímico precisa ser reforçado - não necessariamente pelo marketing - mas com elementos reais do clube, como bons reforços e criando um ambiente propício de participação da torcida, que anda por momentos afastada pelos fracassos recentes dentro de campo.

Por fim, o Inter e a atual direção tem a obrigação de vencer o Gauchão de 2023, após uma seca absurda de conquistas e o papelão protagonizado ano passado no mesmo certame."

Categorias

Ver todas categorias

Alemão demonstrou capacidade suficiente para ser o n°9 titular em 2023?

Sim

Votar

Não

Votar

734 pessoas já votaram