Texto por Colaborador: Redação 26/05/2023 - 00:40

Confira um compilado com as principais declarações do técnico Mano Menezes após o duelo diante do Metropolitanos (2x1) desta quarta-feira (26), em partida pela 4° rodada da Fase de Grupos da Libertadores:

Atuação e vitória: "Realmente fizemos um primeiro tempo muito bom, com uma vantagem significativa. Poderíamos ter feito mais um com Luiz Adriano. Não conseguimos controlar a bola no segundo tempo. Sofremos. Não abastecemos a bola com qualidade. Tomamos o gol cedo. Deixamos o Metropolitanos vivo no jogo, era tudo que nós não queríamos. Depois eles jogaram bola direta na nossa defesa".

"Hoje tivemos um início melhor de jogo principalmente na questão de produção, fomos competentes nas oportunidades que tivemos, hoje o mais importante foi a vitória, vamos no curto prazo voltar a ser uma equipe competitiva em todos os jogos (...) Se a vitória é construída com um desempenho melhor, a gente fica mais satisfeito, mas o mais importante era quebrar essa sequência (de resultados negativos), que para nós era inédita (...)  Os jogadores se entregaram muito, não temos um pingo de reclamação. Eles sabem como estamos trabalhando."

"Sempre foi duro a Libertadores para todo mundo, assisti o Boca Juniors por exemplo, é importante ressaltar que com essa vitória de hoje somos o primeiro da chave, e que nos dá a condição de que com mais uma vitória a gente classifique (...) Com sofrimento ou sem sofrimento, tínhamos que vencer. Muitas vezes jogamos melhores e não vencemos. Hoje precisamos vencer. E vencemos (...)  É sempre melhor consertar as coisas com vitória, mesmo que elas sejam conquistadas com dificuldades, como foi essa. É bom a gente olhar pro lado para ter alguns parâmetros: com essa vitoria, temos a sexta ou sétima melhor campanha."

Problemas físicos do time? "Não foi só uma queda física no primeiro tempo, seria simplista avaliar desta forma, o clube está tomando as medidas necessárias, já temos o bastante para avançar nesse assunto com o nosso preparador da casa (...) Transição do trabalho com cuidado. Isto temos que fazer. O clube está tomando as decisões que precisa tomar. Podemos conduzir apesar da chegada ou não de outro profissional (...) O segundo momento do jogo passa a ser um desafio. Temos que achar soluções. Temos vários jogadores fora. Alguns estão sentindo falta de ritmo de jogo”.

Troca no intervalo: "Campanharo saiu por receber entrada forte no tornozelo. Johnny estava cansada. Optamos por dois volantes. Tanto Dias quanto Baralhas entraram bem".

Sobre o desempenho da equipe fora de casa: "São situações diferentes, nos jogos em nossa casa sempre tivemos o controle do jogo."

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2024?

Sim

Votar

Não

Votar

186 pessoas já votaram