Mano "naturaliza" derrota no GreNal: 'Grêmio teve mais concentração'

Texto por Colaborador: Redação 06/03/2023 - 04:10

Confira um compilado com as principais declarações do técnico Mano Menezes após o duelo diante do Grêmio (1x2) de domingo (5), em partida pela 10° rodada do Gauchão:

DECLARAÇÕES

Derrota e atuação: "As duas equipes tiveram oportunidades. O Grêmio até mais. Eles tiveram um jogo mais qualificado ofensivamente. Não podemos levar o gol no final que levamos. Nessa hora temos de saber fechar o jogo. Tomamos o segundo gol com muita facilidade. Saímos com um gosto amargo (....) Temos que reconhecer o mérito do adversário. Não foi muito melhor, mas foi levemente superior.”

“Faltaram algumas coisas que nós provavelmente vamos ter que encaminhar outras soluções. Eu relutei bastante em colocar mais um volante durante a semana, mas na preparação nós vimos que não tinha encaixe nos setores.”

“Tivemos uma chance com o Pedro, que preferimos escorar o corpo e sabemos que, contra o Kannemann, é a pior escolha. É o ponto forte dele. No segundo tempo, tivemos mais qualidade na condução de bola, criamos chances, assim como Grêmio. Não vejo injustiça no jogo. Não podemos tomar um gol no fim do jogo. Achei que demos muita facilidade. No final da partida, não se joga.”

“O Grêmio teve mais concentração do que nós. Nos três últimos jogos eles encontraram um modelo mais organizado. Acho que tudo que aconteceu hoje está dentro da normalidade. Com um pouco mais de calma, teríamos um resultado melhor.”

“Não existe time de um ano e de outro. As equipes mudam. Se tirar um jogador já muda todo o esquema. Hoje foi uma partida de brasileirão, onde a responsabilidade é dividida. Em momentos jogamos como deveríamos jogar.”

Escalação: "Grêmio tem quatro jogadores no meio. Se eu jogasse com dois, ficaria em inferioridade numérica e não conseguiria pressionar o adversário para roubar a bola. Não conseguimos acionar os jogadores. De Pena esteve livre muitas vezes. Deveríamos pensar em uma maneira de neutralizar essa movimentação. Nós precisávamos de um jogador a mais por ali. Foi isso que fiz. A escolha foi pelo Baralhas, que fez um bom jogo. Nem de longe ele teve participação nas nossas dificuldades no primeiro tempo (...) Tínhamos de mexer. Baralhas tinha um cartão (amarelo). Coloquei o Dias. Coloquei o Mauricio. A equipe conseguiu ter mais condução de bola. Tivemos o mérito de chegar ao empate. (Depois) Tivemos boas oportunidades. O Grêmio também teve. Não teve injustiça (no placar)."

“Relutei muito em colocar um volante, pelo que a equipe já entregou. Mas na fase final da preparação optei pela questão numérica. A equipe vai encontrar o seu esquema. Vamos encontrar maturidade.”

Arbitragem: “Talvez as decisões dele sejam sobre a pressão do histórico. Esta semana vi o Vuaden ser perguntado se isso não o incomodava. Sabemos como isso funciona. Não vou usar isso de justificativa. Reclamamos de algumas coisas no partida que temos o direito de reclamar. Não foi falta no lance que originou o primeiro gol.”

Pedro Henrique: “Temos o Luiz Adriano. É uma nova realidade. Estamos reduzindo a defasagem da preparação que ele tem em relação a nossa. Contra o Esportivo teremos mais tempo dele. Com essa realidade, vamos estudar a posição do PH.”

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2024?

Sim

Votar

Não

Votar

119 pessoas já votaram