Texto por Colaborador: Redação 21/11/2022 - 17:00

O meio-atacante Colorado Mauricio conversou com o portal do ge.com às vésperas da última partida da temporada. O jogador falou sobre o bom momento no Gigante da Beira-Rio, o assédio de outros clubes e os planos para o futuro. Confira os principais trechos da entrevista.

DECLARAÇÕES;

Sobre ter se firmado no clube: "Eu acho que estou muito mais maduro, mais experiente, tanto como pessoa quanto como jogador. Passei por bons e maus momentos aqui, então eu já me sinto mais experiente e pronto para jogar sempre."

O que espera de 2023: "Eu espero justamente melhorar, eu quero melhorar cada vez mais. Ter como parâmetro essa temporada que eu fui bem, quero ir melhor ainda. Melhorar meus números, quero jogar mais, quero ser melhor pela equipe, ajudar coletivamente. Aí o individual também vai aparecer."

Sobre conquistar títulos no próximo ano: "Eu acho que todo mundo sonha com isso. Nosso pensamento claro que era ir ao máximo no Brasileirão, só que o Palmeiras fez uma campanha muito acima. A gente fez uma campanha muito boa, mas sabe que a deles foi quase perfeita. É o nosso objetivo ganhar títulos, todo mundo aqui está trabalhando para isso, a gente está junto nesse propósito."

Sobre propostas: "Eu foco aqui. Isso é um assunto que se resolve entre a diretoria e meus representantes. Eles sentam e analisam o que é melhor para as partes. Não chegou proposta até mim, nem sei se para o meu empresário. Eu não manjo nada. Só quero fazer o que amo. Vivo um momento bom aqui. Vou aproveitar para descansar a cabeça nas férias e ficar com a família."

Sobre o convite de atuar pelo Paraguai: "É uma questão complicada de se pensar. Meu pai tem um carinho gigante pelo Paraguai e não esconde. Criei este carinho por ele, mas como eu sou brasileiro, ainda fico meio dividido. Tenho que pensar com calma. Vou levar, trabalhar no meu clube e pensar com carinho nas possibilidades."

Categorias

Ver todas categorias

Alemão demonstrou capacidade suficiente para ser o n°9 titular em 2023?

Sim

Votar

Não

Votar

203 pessoas já votaram