Texto por Colaborador: Redação 03/12/2022 - 20:30

O Inter estaria cogitando comprar junto a Sampdoria o zagueiro Kaíque Rocha. Com apenas jogos 20 jogos em 2022 (somandos na grande maioria no início do ano), o defensor tem contrato de empréstimo até a metade de 2023 com o SCI. Seria esta uma boa ideia? Tentamos avaliar esse assunto rapidamente junto à nossa equipe. Confira dois dos pontos de vista levantados e deixe seu feedback: 

ARIEL

"Eu acredito que seria interessante manter o zagueiro Kaique Rocha no elenco nas próximas temporada. Segundo a imprensa, o Inter teria que desembolsar algo em torno de 1 milhão de euros ao Sampdoria para adquirir o jovem defensor. É um valor que me parece acessível tendo em conta o que ele pode se desenvolver e até mesmo render em uma futura negociação.

Kaique não chegou a ter na última temporada o tempo de jogo e o desenvolvimento esperado após seu bom início no Beira-Rio. Foi um ano complicado, seja devido a lesões, mas também a chegada de Vitão, que se consolidou ao lado de Mercado, além da recuperação de Moledo. O zagueiro foi ficando para trás na hierarquia da defesa do técnico Mano Menezes.

Recordo que ele teve um momento de mais críticas no primeiro semestre desse ano, principalmente quando o Inter perdeu um Gre-Nal pelo Estadual.

No entanto, com a sua terna idade (21 anos) e a sua altura imponente (1,95), Kaique é uma peça que eu manteria no clube. Ele é um zagueiro já com alguma certa amostragem. Se aliar estes aspectos a uma comissão técnica que tenha a calma e saiba desenvolver os potenciais do jogador (táticos, físicos e técnicos), ele pode se tornar um jogador importante do Inter nos próximos anos - seja pela idade mais avançada de Moledo e Mercado, ou por uma saída de Vitão.

ALAN

"Eu sigo mesma a linha do meu colega acima. Zagueiros confiáveis e jovens são bastante difíceis de encontrar, e classifico o Kaíque como um defensor promissor, com bons atributos, ainda que precise ser mais testado e "maturado". Além disso acrescentaria que, em um sistema defensivo mais sólido e consistente - como o geralmente projetado por Mano - ele tende a evoluir e ganhar confiança, coisa que não aconteceu quando atuava sob a tutela de Alexander Medina, com a linha atrás seguidamente exposta além da conta. Sempre trago o quesito coletivo antes. Victor Cuesta, por exemplo, foi o melhor defensor da Série A quando tinha um sistema que potencializava seu estilo (além de uma dupla ao lado que complementava), se isso não é pensado corretamente, ocorre o sentido contrário: de se fritar jogadores.

Já contextualizando as opções no setor, temos dois zagueiros excelentes mas com uma idade avançada, o que exigirá outras opções mais jovens para rodar o elenco em 2023 e que possam assumir o posto em 2024. Ademais, Vitão provavelmente é um jogador de outra categoria, sendo muito provável a sua venda ou saída no decorrer da temporada. 

Portanto, acredito que se a direção confirmar essa compra - pelos valores acessíveis que estão sendo divulgados - estará apostando corretamente."

Categorias

Ver todas categorias

Alemão demonstrou capacidade suficiente para ser o n°9 titular em 2023?

Sim

Votar

Não

Votar

734 pessoas já votaram