Texto por Colaborador: Redação 20/01/2022 - 02:45

Em entrevista nesta quarta-feira (19) ao programa Show dos Esportes, da Rádio Gaúcha, o vice-presidente de futebol do Inter, Emílio Papaléo Zin, comentou sobre os boatos referente ao interesse europeu no atacante Yuri Alberto. O cartola colorado não negou sondagens pelo goleador, mas disse que não há nada concreto até o momento.

"Recebemos duas sondagens, não vou dizer quais os clubes. Isso é comum em relação a atletas como Yuri Alberto, um dos melhores centroavantes em atividade no Brasil. Mas não temos absolutamente nada definido em relação ao Yuri. Recebemos sondagens e estamos analisando, mas essa transação, se for realizada, será a maior do Inter em toda a sua história. Por isso, toda a cautela é necessária (...) Não temos nenhum papel na mesa. Nós não sentamos com o representante do jogador, com ninguém dos clubes. Estamos analisando as sondagens para ver se, nos próximos dias, talvez na semana que vem, podemos desenhar melhor esses detalhes. Mas hoje, quarta-feira (19), não há nada de concreto a respeito do Yuri Alberto", declarou.

Ainda nesta quarta, Yuri foi ligado ao Zenit, da Rússia. O clube de São Petersburgo estaria disposto a aumentar a proposta feita para garantir a contratação do goleador do Beira-Rio. Nas primeiras negociações, o Zenit fez uma oferta de aproximadamente 15 milhões de euros, com outros 3 milhões de euros em bônus por metas. O Inter no entanto, deseja receber no mínimo 20 milhões de euros para negociá-lo. 

Já segundo o jornalista Luiz Carlos Reche, todavia, o atacante já estaria vendido pela direção. Segundo ele, o ex-santista de 20 anos deve deixar o Clube do Povo janela da metade do ano por 20 milhões de euros, e por isso a diretoria já estaria investindo em nomes para repor o setor ofensivo.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2022?

Sim

Votar

Não

Votar

546 pessoas já votaram