Texto por Colaborador: Redação 20/09/2022 - 03:50

Com dois gols de Pedro Henrique, o Inter bateu o Atlético-GO por 2 a 1, nesta noite de segunda-feira (19/09), no Antônio Accioly. O resultado, que devolve o Clube do Povo à vice-liderança do país, foi comemorado e avaliado pelo atacante Pedro Henrique após o confronto no Centro-Oeste. Confira um compilado com o que de principal se disse:

“O professor sempre nos passou muita confiança, principalmente pros jogadores ofensivos. Encontramos dificuldades hoje, contra o Atlético.”

“Nunca me senti um reserva da equipe, na verdade. Em todas as partidas me preparei, quando tive a sequência de titular sabia dos meus altos e baixos. Com 32 anos aprendendo ainda, e isso o futebol te dá como oportunidade (...) Independentemente se o professor optar por mim começando, ou no segundo tempo, vou tentar de uma forma positiva agregar à equipe, que é o mais importante. Mais uma vez provamos que quem vem do banco também decide. Me sinto muito feliz aqui no Internacional. Se ficar no banco, ou se começar o jogo como titular.”

Lado preferido: “Na minha carreira toda tive a característica de jogar dos dois lados. Nas últimas 3 temporadas, atuei duas pela direita e a última pela esquerda. Me sinto muito bem jogando pelos lados, independente de qual.”

Comemorar com o Mano: “Professor falou comigo antes do jogo, sobre movimentos que eu poderia fazer melhor durante a partida. Acho que todos os gols que fiz fui comemorar com a torcida. Hoje, fui dar um abraço no professor.”

Momento: “Viemos em uma crescente boa, não só dentro de casa, como fora. Conquistando resultados positivos e lutando pela parte de cima, que é o lugar que o Internacional merece estar.”