Texto por Colaborador: Redação 24/04/2024 - 02:31

A janela de transferências do Inter no início deste ano se tornou um dos assuntos mais comentados do futebol brasileiro. Trazendo nomes de peso, muito se especulou que o clube teria "torrado" os recursos extraordinários do acerto com a Liga Forte do Futebol, que o clube recebeu no final de 2023.

Como promessa, o presidente Alessandro Barcellos explicou em sua campanha que o montante “seria utilizado para pagar dívidas". Há ideia da gestão era abrir espaço para fazer créditos, enquanto muitas das contratações estão sendo pagas ao longo do ano, parceladas, criando um fluxo de caixa novo, remodelado pelo trabalho que está em curso.

Nesse sentido, o portal do Correio do Povo teve acesso nas áreas onde foram gastos estes milhões. A pedido do Conselho Fiscal, a gestão detalhou como gastou a primeira parcela  - R$ 109 milhões paga pela LFF em novembro passado. De acordo com os cartolas alvirrubros, o dinheiro foi usado, basicamente, para o pagamento de dívidas com outros clubes, jogadores, fornecedores e agentes de futebol, além de acordos judiciais, como exemplificados abaixo:

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2024?

Sim

Votar

Não

Votar

186 pessoas já votaram