Texto por Colaborador: Redação 18/05/2024 - 01:46

O Gre-Nal agendado para 16 de junho ainda não tem local definido. Embora o Grêmio tenha o mando de campo, a partida não poderá ocorrer na Arena. A situação está sendo discutida, pois será necessário escolher um estádio para receber o clássico.

A reunião do Conselho Técnico da CBF, marcada para 27 de maio, será crucial para determinar a reprogramação dos jogos adiados e possíveis alterações nos confrontos já agendados, revela o colunista de GZH, EDUARDO GABARDO. No entanto, a tendência é que o Gre-Nal seja mantido na data prevista.

Diversos clubes e cidades têm oferecido estádios como alternativa para sediar o jogo. Para as partidas da Libertadores, o Grêmio escolheu o Couto Pereira. Para o Campeonato Brasileiro, os estádios escolhidos para outras competições não necessariamente serão os mesmos. Há a possibilidade do Gre-Nal ser disputado no Rio Grande do Sul, com as principais opções sendo Caxias do Sul (Alfredo Jaconi ou Centenário) e Erechim (Colosso da Lagoa). A Intendência de Rivera, na divisa com Santana do Livramento, também ofereceu o Estádio Atilio Paiva.

Fora do estado, as alternativas incluem Santa Catarina e Paraná, com estádios como Heriberto Hulse (Criciúma), Ressacada e Orlando Scarpelli (Florianópolis), Arena Condá (Chapecó), Couto Pereira (Curitiba) e Estádio Olímpico (Cascavel). A decisão sobre o estádio é de responsabilidade do Grêmio.

Além da escolha do local, há uma mobilização para transformar o clássico em um evento solidário, arrecadando recursos para os desabrigados no Rio Grande do Sul. A questão do espaço para a torcida visitante também será discutida, com a possibilidade de aumentar a capacidade para os colorados, devendo o gesto ser reciprocado para os gremistas no segundo turno, independentemente do local do jogo.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2024?

Sim

Votar

Não

Votar

218 pessoas já votaram