Texto por Colaborador: Redação 27/11/2023 - 04:32

Confira um compilado com as principais declarações do técnico Eduardo Coudet após o duelo diante do Bragantino (1x0) de domingo(26), em partida pela 35° rodada do Brasileirão:

Resultado e atuação: "Hoje era ganhar ou ganhar. Era ser inteligente e fechar o jogo. O Bragantino é um time muito novo e que joga bem. É um time que incomoda muito, mas conseguimos sair com os três pontos (...) Tivemos dias de trabalho e hoje falamos da importância de ganhar. Então, enfrentamos um time que joga muito bem. Tínhamos a necessidade de subir na tabela. Por isso, tivemos a linha mais baixa e cedemos a bola. Depois do intervalo, eu falei para os jogadores a importância de defender bem. Havíamos feito o gol e necessitávamos desses três pontos. Estamos acostumados a jogar de um jeito, mas hoje o resultado estava acima da ideia de jogo".

"Temos que reconhecer que hoje tivemos a linha mais baixa, que demos a bola pro adversário. Enfrentamos um time que joga muito bem e não tem pressão. Nós tínhamos a pressão pela necessidade de subir na tabela. Jogamos com linhas baixas e cedemos a bola. Estamos acostumados a jogar de um jeito, mas hoje o resultado estava acima do rendimento”.

“(O calendário) prejudica o produto. Campos ruins e jogadores cansados... Campo ruim é muito difícil. Hoje mesmo não temos o campo que queríamos ter por conta de shows, isso acontece com todos. Eu escuto na TV, todo treinador fala isso, é muito difícil. Vamos jogar quarta e depois vamos jogar sábado, não tem como recuperar fisicamente os jogadores.. Nenhuma país tem tantos jogo como Brasil (...) Dirigi um time do México que jogava em gramado sintético e digo: é outro esporte. Com todo dinheiro que o futebol envolve, acho que poderíamos nos concentrar em ter campos de gramado natural."

Futuro:  “Todo jogador tem que se preparar para cinco minutos que podem mudar sua carreira. Cobro isso desde o primeiro dia que cheguei e vou cobrar até o último. Todo mundo tem que estar preparado, ninguém sabe o que vai acontecer depois... A única coisa que vou falar é que eu cobro e exijo de todos da mesma maneira desde o dia que cheguei aqui. Gostaria de fechar o Brasileirão com os 9 pontos que nos restam."

"Ainda não sei sobre Vitão e Valencia, mas acho que não se machucaram. Pode ser fadiga ou outra coisa, mas ainda não sei se vão poder estar no jogo de quarta-feira."

Lucca: "Por conta da sua juventude, por ser um jogo difícil, era um jogador para correr e brigar muito. Acho que fizemos o que falamos e ficamos com os três pontos, que é o mais importante para subir na tabela".

Johnny: "Ele evolui muito e muito importante para equipe e ainda evoluir ainda mais na sua carreira".

Sobre 2024: “Continuo falando a mesma coisa. Meu foco é fechar o ano. Precisamos nos concentrar em fechar o campeonato da melhor maneira, a eleição vem depois. Depois tem eleição e aí a gente vê."

Categorias

Ver todas categorias

Você está otimista para a temporada 2024 do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

232 pessoas já votaram