Texto por Colaborador: Redação 28/03/2024 - 02:16

A Liga Forte União (LFU) anunciou sua estratégia para as transmissões dos jogos do Brasileirão a partir de 2025. Segundo informações divulgadas pelo UOL, a LFU (na qual Alessandro Barcellos é uma das lideranças) planeja produzir as transmissões de seus jogos e negociar os direitos de transmissão em pacotes com emissoras de TV aberta, TV paga e plataformas de streaming, algo semelhante ao ocorrido na negociação dos direitos do Paulistão e que hoje tem como detentores Record, YouTube e Warner Bros Discovery. Todos teriam jogos exclusivos, enquanto uma mesma empresa poderá fazer propostas por mais de um pacote e ganhar mais de um pacote também. Isso significa na prática que uma empresa não poderá fazer parceria com uma concorrente para comprar os jogos da Liga Forte, o que tem sido feito pela Globo junto à Amazom e Band, em anos anteriores.

A empresa responsável pela comercialização dos jogos será a LiveMode (mesma que negociou o Campeonato Paulista, citado acima), especializada e encarregada de vender os direitos das partidas dos times que fazem parte do pacote da LFU como mandantes no Campeonato Brasileiro.

Atualmente, a Liga Forte União é composta por 11 times que disputam a Série A do Brasileirão: Athletico, Atlético-GO, Botafogo, Criciúma, Cruzeiro, Cuiabá, Fluminense, Fortaleza, Internacional, Juventude e Vasco. Se todos permanecerem na elite do futebol brasileiro, o grupo terá um total de 209 jogos para distribuir entre os pacotes de direitos de transmissão.

Já fechado com a Libra, a Globo, por sua vez, tem acordo com os mandantes formados por Flamengo, Grêmio, Palmeiras, Red Bull Bragantino, São Paulo, Atlético-MG, Bahia, Vitória e Santos. O Corinthians quer negociar os seus jogos por fora e deve fechar com a empresa de Roberto Marinho. Com apenas 9 clubes na Série A, a emissora carioca poderá ter grandes problemas ao comercializar seu famoso PPV (PFC), já que não contaria com mais de 50% dos jogos para oferecer. 

No início de março, a Libra assimou um contrato vinculante com a Globo para a venda dos seus direitos do Brasileiro de 2025 a 2029. O valor é de R$ 1,3 bilhão por ano, além de adicionais de pay-per-view. 

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2024?

Sim

Votar

Não

Votar

130 pessoas já votaram