Texto por Colaborador: Redação 18/01/2023 - 23:28

Em seu blog no GE, o jornalista PVC informou nesta semana que a Liga Forte - na qual o Inter faz parte - projeta contrato com primeiro pagamento nos próximos meses.

Conforme o artigo, o grupo - que anunciou no final de dezembro ter um parceiro ainda não identificado que poderia injetar o dinheiro suficiente para finalmente tirar a Liga Brasileira do papel -  tem um  acordo inicial que pode virar contrato nas próximas semanas, com expectativa de contar com o primeiro pagamento no final de março deste ano.

A disputa entre as duas ligas se acirra, para saber quem conseguirá primeiro viabilizar a Liga do ponto de vista econômico, e não político. Há quem aposte que a efetivação do contrato da Liga Forte faça clubes da LIBRA mudarem de lado.

Importante é que exista apenas uma liga, que os direitos de TV sejam negociados em grupo único e que se faça um campeonato que, como uma arvorezinha, seja regado todos os anos, para se tornar um dos principais do planeta num período de, digamos, dez anos.

Hoje, fazem parte da Forte Futebol o ABC, América Mineiro, Atlético Mineiro, Athletico Paranaense, Atlético Goianiense, Avaí, Brusque, Chapecoense, Coritiba, Criciúma, CRB, Ceará, CSA, Cuiabá, Figueirense, Fortaleza, Fluminense, Goiás, Internacional, Juventude, Náutico, Londrina, Vila Nova, Operário-PR, Sport e Tombense.

A LIBRA conta com Bahia, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Guarani, Ituano, Mirassol, Novorizontino, Palmeiras, Ponte Preta, Bragantino, Sampaio Corrêa, Santos, São Paulo, Vasco e Vitória.

Categorias

Ver todas categorias

Alemão demonstrou capacidade suficiente para ser o n°9 titular em 2023?

Sim

Votar

Não

Votar

734 pessoas já votaram