Texto por Colaborador: Redação 09/06/2024 - 18:41

Antes da vitória do SCI sobre o Delfín, que garantiu a vaga nos playoffs da Copa Sul-Americana, a torcida expressou descontentamento com Renê, além do técnico Eduardo Coudet, nas arquibancadas do Alfredo Jaconi. Mesmo marcado por uma série de "entregadas" decisivas, o lateral-esquerdo - eternamente titular da equipe de Chacho - se achou no direito de desabafar e cobrar os torcedores:

'Espero que quando eu jogar bem, como foi hoje (sábado), a torcida reconheça. A crítica é válida sempre que for construtiva. Só acho que antes do jogo não é hora de criticar porque, se depois do jogo tiver que aplaudir, fica feio. O torcedor está no seu direito, mas às vezes pega pesado (...)  A torcida escolhe um ou outro para pegar mais pesado, mas eu jogo em uma equipe que tem 11 (jogadores). Acredito que nem sempre quando perdemos a culpa é minha. Temos que aprender a conviver e continuar trabalhando para mudar isso tudo. Tenho mais de 100 partidas e cometi três erros. Então, acredito que acertei mais do que errei. Às vezes, errei em um jogo que estava muito bem e as pessoas esquecem tudo que você faz de bom para focar apenas nos erros. Mas, sempre que eu estiver em campo, vou dar o meu melhor. Não garanto que não vou errar, porque sou um cara que arrisca bastante. Quando puder dar um passe bom para a equipe, vou arriscar", declarou via GZH.

Desde sua contratação em 2022, Renê jogou 111 partidas pelo Inter, com 24 atuações nesta temporada, sendo titular em 21 delas.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa titular de 2024?

Sim

Votar

Não

Votar

218 pessoas já votaram