Texto por Colaborador: Redação 06/06/2022 - 04:07

Enfrentar o Bragantino em plena Bragança não é uma tarefa fácil e assim se mostrou o primeiro tempo, onde nos primeiros 6 minutos, o Internacional poderia estar perdendo de 2x0, não fosse a trave e a espetacular defesa do goleiro Daniel. E assim foi durante todo o primeiro tempo, com o Inter sendo sufocado e conseguindo respirar apenas após os 35 do primeiro tempo. Foram 35 minutos que pareciam um filme de terror.

Em algumas raras combinações de Edenilson e Alan Patrick, foi onde o Inter conseguiu respirar e no finalzinho do primeiro tempo, apareceu a primeira chance de gol do time, com o Alan Patrick chutando mascado para fora. Logo no início do segundo tempo, o Inter avança suas linhas e emparelha o jogo, o Bragantino para de ter chances, mas o Inter segue com muita dificuldade na criação. Afinal esse é o preço de jogar com dois volantes sem características ofensivas como Dourado e Gabriel, essa parece ser uma sina dos técnicos colorados, afinal já vimos o desfecho disso com a dupla Musto e Lindoso.

Eis que aos 27 do segundo tempo, ocorrem duas mudanças que mudam completamente o Inter, sai Dourado que até então fazia uma partida horrorosa para entrada de De Pena e também entra Alemão no lugar de David. Essas duas mudanças viram o jogo e o Inter se torna muito mais agressivo, De Pena domina o meio de campo e o Inter começa a construir por ai sua vitória.

Apesar de Alemão não ser um jogador brilhante, ele incomoda a zaga e isso é o suficiente para criar chances pro Inter e em um abafa feito por ele, o goleiro do Bragantino é obrigado a jogar a bola pra fora, o Inter retoma a bola e após um belo pivô do Alemão, a primeira chance real de gol é criada onde Cleiton faz uma ótima defesa no chute de Wanderson.

E aos 46, De Pena cruza pra esquerda e a bola chega pro Maurício que acabara de entrar, ele escora para Johnny que chuta cruzado e abre o placar pro Inter. Com um Bragantino muito abatido e um Inter vibrante, esse gol parecia ter sacramentado a vitória colorada, mas aos 53 Alemão é empurrado dentro da grande área e o juiz marca pênalti que é convertido por De Pena e o 2x0 para o colorado foi sacramentado.

Apesar de muito complicado nos primeiros minutos, o Inter mostrou um bom poder de reação e as mudanças colocaram o Inter de volta ao jogo. O que preocupa é a insistência em peças que não mostram resultado algum dentro de campo, são esses os casos de Dourado, Gabriel e David. Além dos sérios problemas defensivos do Inter, caso não fosse o goleiro Daniel e a trave, o jogo poderia ter sido completamente diferente. Resta agora esperar que o Mano tenha entendido seus erros e torcer para que jogadores como Maurício e Johnny tenham mais oportunidades, pois a única certeza é que De Pena não pode mais sair do time.

Enviado por Vinicius Rosa 

Categorias

Ver todas categorias

Alemão demonstrou capacidade suficiente para ser o n°9 titular em 2023?

Sim

Votar

Não

Votar

203 pessoas já votaram